quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Série Apologética (9) - Maria, a Mãe de Deus

Tema: Maria, a Mãe de Deus

Questão em estudo: Deus teve/tem mãe?

Texto base: "Ora, o nascimento de Jesus foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo" (Mt 1:18)

Um ponto polêmico, mas que passa despercebido por parecer ser de fácil entendimento, é a questão do papel da irmã Maria na vinda do Filho ao mundo como homem.

Indiscutivelmente, Maria foi agraciada por Deus com a missão de gerar o salvador e acompanhar toda a sua vida, crescimento e ministério. Mas qual é o limite dessa graça que lhe foi concedida? Seria Maria mãe do Jesus Deus, do Filho, da segunda pessoa da Trindade? Alguns crêem que sim.

E qual é o argumento para esse pensamento?

O argumento é uma questão de lógica. Ora, se Maria achou ter concebido do Espírito Santo, ela estaria gerando não somente um corpo físico, mas também uma essência divina. Estaria sendo a "mãe de Deus". Ou melhor, poderíamos pensar da seguinte maneira, como em uma expressão lógica:

- Jesus é Deus. (Verdadeiro)
- Maria é mãe de Jesus. (Verdadeiro)
- Logo, Maria é mãe de Deus. (Verdadeiro?)

Como expressão lógica, essas afirmativas estariam corretas, mas não é dessa forma que devemos lidar com essa questão. Senão, essas expressões também estariam corretas:

- Jesus é Deus. (Verdadeiro)
- Jesus teve sono. (Verdadeiro)
- Logo, Deus tem sono/dorme. (Verdadeiro?)

- Jesus é Deus. (Verdadeiro)
- Jesus nasceu, viveu e morreu (não esqueçamos de que ressucitou e ascendeu ao céu!). (Verdadeiro)
- Logo, Deus teve início, meio e fim, logo foi criado e é mortal. (Verdadeiro???)

Obviamente, apesar de estarem logicamente corretas, as afirmações acima estão seriamente equivocadas, o que nos prova que não é dessa maneira que devemos pensar lidando com as coisas de Deus.

Deus é infinito. Não teve começo e nem terá fim. Ele é desde a eternidade e será por toda a eternidade. Maria não poderia ser a mãe de Deus: "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez" (Jo 1:1-3).

A querida irmã Maria foi escolhida como meio para que o Filho encarnasse em corpo humano e executasse a obra redentora, mas ela não poderia gerar a sua essência divina, isso é inconcebível!

Não Vacile! Abraços,
Johnny
Related Posts with Thumbnails

3 comentários:

Mel Silveira disse...

Muito complexo mesmo... hehe
no começo deu um nó na minha cabeça ^^
Muito bom post... agora vc tem q falar da encarnação tbm.

Deus abençoe Johnny =*

Alana Prado. disse...

ooooiiii meninas e meninoo!
hahaha'
heim, tem um selinho pra vocês no meu blog, pega lá!
Muito bom o texto Jonny, eu sempre comento no texto das meninas, e hoje to aqui só pra comentar no seu. :)
Que Deus continue abençoando muito, VOCÊS !
Beijooo, até

Naa Marques disse...

que graça =/ comentei ontem a tarde e meu comentario sumiu
vou repetir:
ótimo texto Joh.
que Deus continue a te abençoar.
Beeijo ;*